Funrural: Eduardo Lourenço comenta consolidação do parcelamento das dívidas do Funrural

O prazo para aderir ao refinanciamento do Funrural termina em 29 de setembro, mas o processo para calcular a dívida é confuso para o produtor rural. Apesar da Receita Federal oferecer o serviço online, o produtor terá mais segurança indo pessoalmente à unidade da Receita de seu domicílio. O governo admite que o valor total da dívida só vai ser realmente calculado dentro de um ano, momento no qual ocorrerá a consolidação.

O advogado Eduardo Lourenço, sócio do Maneira Advogados, foi convidado pelo Canal Rural para comentar o tema e explicar o que seria a consolidação:

“Qual é a diferença de débito consolidado para débito não consolidado? A diferença é que quando consolidar o débito, fechamos o quanto você, contribuinte que aderiu a esse parcelamento, deve. Vamos ver o quanto você já pagou e ver quanto você precisará pagar por mês para você quitar”, explica Eduardo Lourenço.

Completou, ainda, que “por experiência dos últimos parcelamentos, não demora um ano para consolidar. Temos experiências de parcelamentos que demoraram anos e anos para (…) sair a consolidação”.

Confira a matéria na íntegra aqui.